quinta-feira, 15 de junho de 2017

Resenha (35/150): Elric de Melniboné - A Traição do Imperador, de Michael Moorcock (Editora Generale) | Por Salvattore

Elric de Melniboné 
Sinopse: A história de 'Elric de Melniboné', o imperador albino e feiticeiro, é uma das grandes criações de fantasia moderna. Um fraco e introspectivo escravo de sua espada, Stormbringer, ele é também um herói cujas aventuras e andanças sangrentas levam-no, inevitavelmente, a intervir na guerra entre as forças da lei e do caos. Um clássico do gênero espada e feitiçaria, Elric de Melniboné é um ícone excepcional da fantasia de violência, poder, política e guerra. Neste livro, Elric enfrentará a ameaça ao império de Melniboné e transitará entre o uso da magia e seus princípios morais, que o impedem de tomar algumas decisões. Além disso, sua amada Cymoril encontra-se em perigo, e ele não medirá esforços para salvá-la. Pela primeira vez, a editora Generale traz para os leitores brasileiros a tradução dos textos originais da Saga de Elric de Melniboné, sendo este o primeiro livro.


Hoje em dia, vivemos uma época literária onde muitos autores se aventuram, ou tentam, no mundo da fantasia. São reis, magos e cenários que constroem o enredo dos livros, muitas vezes até com um pouco de exagero. Michael Moorcock, é um autor britânico deste gênero, e eu ficou conhecido mundialmente pela publicação de Elric de Melniboné, cujo primeiro livro será resenhado hoje.

Originalmente publicado em 1972 (Sob o titulo de Elric of Melniboné), Elric de Meniboné – A Traição do Imperador, o primeiro livro da série do herói, foi relançado pela Editora Generale no ano de 2014. Nele conhecemos mais a fundo o herói, se é que assim podemos chama-lo, um albino de saúde débil, introspectivo e atormentado, mas mesmo assim o imperador do reino ancestral de Melniboné, uma superpotência em declínio, e servo dos Senhores do Caos, à semelhança dos seus antepassados. Senhores do Caos, são demônios que por muito tempo serviram ou estavam lado a lado com o povo de Meniboné. Hoje esse reino encontra-se em decadência justamente pelos senhores do caos terem se afastado. Diferente de muitos protagonistas de Fantasias, Elric tem características peculiares.

Mesmo vivendo entre um povo cruel, que sempre quis a todo custo o poder, Elric é mais sentimental, e esse sentimentalismo provocaria grandes reviravoltas em seu reino e no seu próprio interior.
Elric é um personagem bastante atípico, onde o leitor fica analisando se ele era apenas um covarde ou alguém que buscava outra forma de resolver seus problemas. Tudo mudaria a partir do grande poder que ele teria ao fazer pacto com o demônio Arioch e se apossar de um poderosa espada. Será que o poder falaria mais alta que o verdadeiro amor? Será que Elric se entregaria as trevas?

Um livro repleto de boas surpresas, e que apesar de ter sido escrito anos atrás, tem uma linguagem de fácil compreensão, graças à tradução feita para esta edição. Não há como não torcer pelo sucesso de Elric em sua empreitada. Não há como não amar cada cenário que a história se desenrola. E por último, como não torcer por um herói que só queria o melhor para seu povo?

Publicado em capa dura pela Generale (Selo da Editora Évora) em folhas amareladas e letras de tamanho acessível, Eric de Melniboné – A Traição do Imperador é apenas o primeiro de uma série, que sempre fez sucesso por onde passou. O segundo volume já foi publicado, e está com uma capa lindíssima como você pode verificar abaixo.

Resultado de imagem para elric de melniboné livro 2


Elric de Meniboné,é aquela fantasia cheia de ação, momentos tensos, um herói incomum e claro muita magia, seres e universos estranhos. Uma boa dica para quem curte viajar em uma fantasia bem escrita e surpreendente, e que não tem nada de clichê.


O Autor:

Foto -Michael John Moorcock
Michael Moorcock nasceu em Londres em 1939 e publicou seu primeiro romance em 1962. De 1964 a 1980, ele editou a revista de fantasia e ficção New Worlds. Escreveu músicas em parceria com a banda Blue Öyster Cult e fez scripts para filmes e jogos interativos de computador. Um de seus romances, "Behold the man", venceu o Nebula Award; "Gloriana", o Guardian Fiction Prize. E "Mother London" entrou no top Whitbread Prize. Suas obras influenciaram grandes autores da literatura mundial: Neil Gaiman, George R. R. Martin, entre outros.


Compre: https://www.editoraevora.com.br/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.